Copa do mundo no Brasil ainda gera discussões

Faltando um dia para a Copa do mundo, o assunto polêmico ainda gera discussões entre aqueles que são contra e aqueles que são a favor do mundial no nosso país. Uma parte dos brasileiros alega que o dinheiro investido em estádios e em outras obras deveriam ser gastos com investimentos na saúde e na educação.

Para a estudante de Serviço Social Andriele Alves, o Brasil vive em situação de emergência em quase todas as áreas. “Não tenho nada contra a seleção e jogadores, mas última coisa que precisaríamos no momento seria gastos com estádios de futebol. Li esses dias na internet que uma promotora falou que os moradores de rua de Belo Horizonte poderiam ser abrigados em hotéis durante a copa, mas a Prefeitura no entanto, declarou que não assumiria as despesas desses hotéis”. De acordo com Andriele, fica clara a intenção: “Não se tem uma preocupação em resolver problemas, mas de escondê-los para mascarar o país, na tentativa de mostrar para os turistas uma realidade que não existe”.

jessica(Fonte: Internet)

Outra parte dos brasileiros acha que sediar uma copa é sim uma grande conquista, e que existem mais vantagens do que desvantagens nisso. Como é o caso da estudante de Publicidade e Propaganda Marcela de Oliveira Rosa, “não sou contra quem é contra a copa, sou contra quem quer que não tenha copa quando tudo está pronto, ou quase pronto. Também não sou contra manifestações, acredito que não seja mais a hora delas”.

Para Marcela, a maior vantagem que ela vê com a copa no Brasil é o fato de um evento deste ter “obrigado” o país a fazer melhorias para própria população. “A copa foi uma grande jogada, apesar dos gastos com o evento, que na verdade não foram todos com dinheiro público, eles não somam 1% do que foi arrecadado nos anos de 2011, 2012 e 2013. Outro fator importante é que as obras não começaram agora, estão sendo feitas desde 2010. E por fim, ninguém garante que se não houvesse copa, esse dinheiro iria para educação e saúde”.

jesica2(Fonte: Internet)

Depois de inúmeros protestos para que não houvesse copa, o evento vai acontecer e aqueles que apoiam já estão se preparando enfeitando ruas e casas, na expectativa de mais um titulo, o hexa. Já para aqueles que não são a favor do mundial, a expectativa é outra, para que chegue logo as eleições.

 

Jéssica de Almeida

Verde e amarelo são as cores mais usadas para a Copa

Casas, bares e restaurantes já estão enfeitados para a Copa do Mundo que começa em dois dias, 12 de junho. E as ideias são várias ao pensar em roupas e acessórios.  Desde spray para pintar o cabelo, blusas personalizadas e um estilo mais sofisticado, a gama de opções é enorme para torcer com muito estilo nas cores do país.

296713_10152108820480083_935572068_n(Foto: google)

Para assistir os jogos é necessário estar confortável, mas sem perder a elegância. Vale blusa oficial da copa, blazer verde e calça amarela, um sapato de cada cor, apenas as unhas, peruca do David Luiz…  Isso vai do estilo de cada um.

Colorido não pode faltar! Calças azuis, verdes e amarelas estão super em alta e ficam muito legais combinadas com blusas brancas ou pretas. Tênis e rasteirinhas são uma ótima pedida para assistir os jogos à tarde. Os que serão à noite, vale apostar em uma plataforma ou sapatênis para os homens. Acessórios é a peça chave do look. É o que vai compor toda a produção. Relógios, pulseiras, chapéus, bonés e até em lingeries, o verde e amarelo estão presentes.

page3
(Fonte: google)

A advogada de 25 anos, Jessica Moreira vai usar apenas a camisa do Brasil. “Como vou em alguns jogos, quero usar a camisa. Mas só. Não gosto de muitos adornos, acho meio brega.” O estudante Gabriel Pinto, 24 anos, compartilha da mesma ideia: “roupa no máximo.”

“Eu não tenho costume de me vestir para jogos do Brasil não, meu ritual é assistir sempre o jogo do Brasil em casa, com minha mãe”, diz a estudante Daniela Afonso, 21 anos. Já o João Guilherme, estudante, 27 anos, vai usar uma camisa verde que uma marca fez para a copa. “Ideal e não parece uniforme”.

make copa(Fonte: Boca Rosa blog)

Yasmine Costa, estudante de 19 anos já entrou no clima e pintou as unhas para aproveitar os jogos em grande estilo. “Eu gosto de fazer diferente nas minhas unhas, acho que fica bonito e descontraído”, diz a estudante. Além das unhas, ela também vai usar a blusa do Brasil: “A camisa tem que ter né? Pra mim é essencial, sou brasileira e um evento como esse não acontece todo ano, precisamos valorizar as cores da nossa bandeira. Vou torcer muito pelo meu país.” David Tostes, enfermeiro, 26 anos, também pensa da mesma forma: “Tenho que prestigiar as cores do meu país”. Segundo ele, vai variar durante os jogos. “Um dia vou usar a camisa da seleção, no outro uma amarela, no outro uma verde”, contou.

CAM00419(Foto: Arquivo Pessoal – Yasmine Moreira)

Abaixo, uma dica de maquiagem da Amanda Domenico, do blog http://amandadomenico.com

 

Andressa Costa