Dia do Meio ambiente é comemorado em várias cidades do país

No dia 5 de junho, é  comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Esta data foi criada pela pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972 durante a Conferência de Estocolmo, o encontro promovido pela ONU reuniu 113 países, e também 250 organizações não governamentais.

Em Três Rios, o Dia Mundial do Meio Ambiente iniciou às 9 horas da manhã com abertura oficial na presença das autoridades. Das 9 horas até às 17 horas ficou aberta a Exposições: “Mata Atlântica, Práticas Sustentáveis”, onde foram expostos trabalhos das Escolas Municipais.O correu também o plantio de um exemplar da espécie Samanea tubulosa, em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

download (1)
(Fonte: Internet)

 

Larissa Pissurno

Anúncios

Febre de aplicativos entre homens e mulheres

Não tem como negar. Com o avanço tecnológico as pessoas mudaram certos hábitos quando o assunto é relacionamento. E não é se tratando apenas da paquera, o modo de se fazer novas amizades, aquela foto que você gostaria de modificar, e até um auxílio via celular para se encontrar um táxi, é possível achar com tanta informação tecnológica que anda mexendo com a cabeça de muitos.

E estes tão famosos facilitadores, quando se trata de tecnologia, são os chamados ”apps”. Uma curta abreviação para aplicativos, que se espalhou entre jovens, adultos e até mesmo crianças. Mas é especialmente com as mulheres, que os ”apps” ganharam um enorme espaço, na rotina e na vida pessoal.

Os aplicativos para mulheres são inúmeros: revistas, editores de fotos e vídeos, aplicativos de moda, maquiagem, cabelo, dieta, e até aplicativo que ajudam a calcular o ciclo menstrual já existem para facilitar o dia a dia do sexo feminino.

Para a estudante do curso de Direito, Paula Cristina de 23 anos, os aplicativos ajudam não só nas tarefas, mas também na diversão. Paula diz usar bastante o Whatsapp, para conversar com os amigos e família, e para a discussão de trabalhos acadêmicos, devido a facilidade que o aplicativo tem em relação a criação de grupos. A estudante diz usar também, redes sociais como o Facebook e o Instagram, que já virou febre entre os jovens, e os ”apps” para montagens de fotos, como InstaFrame. Paula utiliza muito aplicativos de notícias para se atualizar. Veja, Globo News e Band News são os mais acessados por ela. ”Hoje, com um clique, você fica por dentro de tudo que acontece no mundo, e vejo isso com um ponto positivo. A tecnologia veio para acrescentar. Outro fator muito interessante é o investimento que existe em relação a vaidade feminina. Acho incrível, e sempre procuro estar por dentro das novidades.” Explica Paula.

1925349_825725110788051_797565154_n(Foto: Arquivo Pessoal)

O universo masculino também se rendeu a febre dos aplicativos, e o número de adeptos aumenta cada vez mais. Mesmo os homens, que viveram décadas anteriores ativamente, já aderiram as facilidades que o mundo tecnológico traz hoje em dia.

Os homens utilizam a todo momento, os aplicativos que mais estão em alta.

Sejam eles, para editar fotos, vídeos, ou qualquer um referente a relacionamento, ou até algo bem direcionado, como um aplicativo que ensina os vários estilos para nós de gravata que já estão na rede.

Existem aqueles que já viraram clichê entre as rodas de conversa, e existem outros que vieram não só para surpreender, mas modernizar a vida masculina.

Segundo o Oficial de Justiça, Fabrício Pena, de 24 anos, os aplicativos são ótimos facilitadores para o dia a dia. ”Com o celular na mão é possível você visualizar sua conta bancária, saber tudo sobre os esportes, e ainda ficar por dentro de tudo que acontece nas redes sociais.” Fabrício também conta que adora as novidades referente aos ”apps”. ”Sempre fico atento as novidades, leio muito sobre o assunto, e quando me interesso vou logo baixando o aplicativo para testar. O mais recente app que adquiri foi o ”Onde Parei?”, que serve para você visualizar aonde parou o veículo, caso esteja em algum estacionamento lotado. Achei muito interessante e prático.” Fabrício diz também utilizar outros como: Tinder, Facebook, Whatsapp, Discovery e UOL. ”Gosto de ter variedades no meu celular, não me restrinjo apenas a aplicativos de um segmento. Quero estar sempre por dentro de tudo que está acontecendo.” Afirma Fabrício

images (1)
(Foto: Internet)

 

Camila Medeiros

Festa Country promete agitar Juiz de Fora

Considerado um dos maiores eventos da região, a Festa Country 2014 promete agitar a cidade de Juiz de Fora no final deste mês. São três noites de festa, com grandes atrações como o cantor Thiaguinho, a dupla Jorge e Mateus e a banda Capital Inicial, além das atrações locais. Com o tema “Todo mundo na maior”, a 17ª edição do evento vai acontecer nos dias 22, 23 e 24 de maio, no Parque de Exposições de Juiz de Fora, como nas edições anteriores.

De acordo com a funcionária da Produtora Front Produções, Caroline Braga, este ano a edição conta com uma estrutura diferenciada, uma delas foi a foi a transição do nome da Rádio Energia para Rádio Alô FM. Como de costume, terá um segundo palco que consequentemente irá se chamar Palco Alô, onde serão realizados os shows de artistas locais, além do camarote da Cidade. “Além dessas grandes atrações, será enfatizado também essa ‘nova era’ para a rádio”, acrescenta Caroline.

Sobre a segurança, Caroline  Braga afirma que haverá uma equipe responsável pelos artistas da festa, o que incluirá segurança no transporte e nos demais momentos durante a estadia dos mesmos na cidade. Também contará com a colaboração de seguranças de uma empresa terceirizada para garantir a segurança do público, além da Polícia Militar, que sempre colabora para a segurança dos participantes.

festa jf

(Foto: Zine Cultural)

A Festa Country se destaca por ser uma festa reconhecida por cidades vizinhas, com isso atrai gente de vários cantos de Minas Gerais, e até outros estados.

Participantes de fora

O estudante de Engenharia Civil, Matheus Brum é morador de Ubá e nunca esteve presente nas edições anteriores do evento, mas disse que pretende participar da 17ª edição. “Apesar de não gostar muito de todos os estilos musicais que irão se apresentar, estou aguardando ansioso o show da banda Capital Inicial, que é uma das minhas bandas nacionais preferidas na atualidade”.

A respeito da segurança do evento, Matheus diz temer algum tipo de briga. “Quando se trata de uma festa desse porte, por mais reforçada que seja a segurança do público, sempre temos um pouco de receio com tudo que acontece, infelizmente não podemos confiar em tudo”.

A estudante de Estética, Raissa Inocêncio, mora no Rio de Janeiro e também pretende participar desta edição da Festa Country, assim como Matheus, ela nunca esteve presente nas edições anteriores. Para ela, o show mais esperado é o da dupla Jorge e Mateus. “Espero que seja muito bom, estou aguardando ansiosa para assistir o show da dupla, são músicas que eu gosto muito, e como vai ser a primeira vez que eu vou ao show deles, quero que seja inesquecível”.

 

Jéssica Almeida

Palacete Histórico de Juiz de Fora -Palacete dos Fellet

Localizado na rua Espírito Santo, e esquina da Avenida Itamar Franco, o Palacete dos Fellet foi construído no início do século XX por João Fellet, e herdado por sua filha Olinda Fellet.

Após a morte de Olinda, em 1993, o imóvel que havia sido vendido, começou a sofrer com as ações do tempo.

O palacete que foi reconhecido como patrimônio histórico, não pertence mais a família Fellet, e ainda é, mal utilizado por usuários de drogas, vândalos, além de acumular lixo e entulhos que são jogados constantemente no local.

O imóvel já sofreu com a queda do muro recentemente. Depois da queda, teve de ser providenciado um cercado feito pela Secretaria de Obras para tapar a volta do casarão, e evitar maiores problemas.

O palacete apresenta risco de desabamento, mas seu destino está por enquanto, nas mãos da justiça.

Segundo a secretaria de Atividades Urbanas (SAU), o responsável pelo imóvel,que não foi divulgado, já recebeu notificações e multas para que providências sejam tomadas, e até o momento nada foi resolvido.

De acordo com o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Comppac), se ocasionar do processo não ter qualquer tipo de andamento, o local fica sendo de utilidade pública, podendo ser feito um espaço de cultura e lazer, preservando sua estrutura.


Palacete dos Fellet quando construído (Foto: site Maria do Resguardo – Imagens antigas de JF)

Palacete dos Fellet atualmente (Foto: Camila Medeiros)

 

Camila Medeiros