Delegacia virtual é liberada

Desde segunda, dia 30, o segundo módulo da Delegacia Virtual da Polícia Civil de Minas Gerais está em andamento. Agora é possível fazer também pela internet o registro de perda de documentos e objetos pessoais, sem precisar comparecer à delegacia ou aguardar a chegada da Polícia Militar para ser feito o boletim de ocorrência. O serviço integra o sistema da Delegacia Virtual, que até o final do ano vai permitir o registro online de mais outros dois tipos de ocorrência.

shjsgf(Fonte: Aracaju Virtual)

Para o registro de acidentes de trânsito sem vítimas a delegacia virtual já está em funcionamento desde 30 de abril. O site é: https://delegaciavirtual.sids.mg.gov.br/

O registro é feito por preenchimento de formulário que vão aparecendo na tela. Após o envio dos dados, a ocorrência passa por uma triagem e em até quinze minutos, é emitida uma mensagem, informando o número do Registro de Evento da Defesa Social (Reds), a forma de acessá-lo no site do Sistema Integrado de Defesa Social (Sids) para impressão.

Segundo o policial Márcio Kobaiashi, é muito útil por poder fazer o boletim em casa, no trabalho sem ter que deslocar a um posto policial. “É fácil e rápido a confecção do B.O., sem contar que com isso desonera a força policial para atendimento de ocorrências mais graves. Só vejo vantagem.”

Uma equipe de 16 profissionais, entre policiais e analistas, trabalha em esquema de plantão, na sede da Superintendência de Informações e Inteligência Policial (SIIP), atuando 24 horas na triagem dos registros recebidos e também para tirar dúvidas dos cidadãos pelo telefone, que é divulgado na tela.

O cronograma de ampliação dos serviços da Delegacia Virtual prevê o seguinte:

30/ 08 – Funcionará para registro de desaparecimento de pessoas e para registro de pessoas localizadas.
30/10 – Funcionará para registro de danos simples.

delegacia virtual(Fonte: Printscreen do site Delegacia Virtual de Minas Gerais)

 

Andressa Costa

Anúncios